terça-feira, 26 de outubro de 2010

Oração



A oração é o desejo sincero da Alma,
proferido ou inexprimível;
a chama de um fogo escondido,
que treme dentro do peito.
A oração é o peso de um suspirar,
a queda de uma lágrima;
um olhar elevado ás alturas,
quando só Deus está perto;
A oração é a mais simples forma de linguagem
que lábios infantis podem provar;
é a música mais sublime que alcança
a Majestade nas alturas.
A oração é a voz contrita do pecador,
que, quando retorna,
ouve os anjos dizer: Vejam, ele ora!
A oração é o sopro de vida do cristão
sua salvaguarda nos portões da morte,
sua entrada segura no céu.
O Senhor Jesus, tu que nos leva a Deus,
que és o Caminho a Verdade e a Vida,
que trilhaste sozinho o caminho da oração,
Ensina-nos a orar!

James Montgomery

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Boa noite,

Esses dias tem sido bem dolorosos, minha mãe foi se encontrar com o nosso salvador no ultimo dia 02 de outubro. Não tem sido fácil, ela me faz muita falta, era uma amiga, companheira de todas as horas. Deixou saudades, mas o amor do Senhor tem consolado o meu coração.
Volto assim que puder.

Fabi...

terça-feira, 21 de setembro de 2010



Um jovem muito rebelde, após ter sido castigado pelo pais, várias vezes,
chegou à conclusão de que não conseguiria se corrigir. Por isso,
procurou o diretor do colégio onde estudava e pediu ajuda:
- O que devo fazer para não cometer esses erros novamente? Tenho me esforçado, mas não estou conseguindo!.
O diretor, pensou um pouco e, então, pegou um copo, o encheu de água, entregou para ele e disse:
- Ande com esse copo por todo o colégio, entre em todas as salas, suba e
desça todas as escadas, entre em todos os cantos e volte aqui sem
derramar uma só gota dessa água.
Mas o estudante foi logo dizendo:
- Mas isso é impossível. Nunca vou conseguir! Ninguém conseguiria!
O diretor, porém, desafiou:
- Se você quiser, vai conseguir. Só depende de você.
O jovem, então, foi andando devagar, com os olhos fixos no copo. Subiu e
desceu escadas, entrou e saiu de salas, cantos, e voltou sem ter
derramado uma gota sequer de água.
Quando o estudante voltou o diretor perguntou:
- E então, reparou nas garotas que passeavam pelo jardim no horário de
aulas? E seus colegas que te convidavam para um copo de bebida, ou uma
tragadinha no cigarro?
E, o jovem, eufórico por ter conseguido realizar aquela tarefa, respondeu:
- Não, não senhor, eu estava com os olhos fixos no copo.
O diretor, então, concluiu:
- Assim é a nossa vida quando desejamos alcançar nossos objetivos.
Devemos nos manter firmes, determinados, e nos empenharmos ao máximo.
Vão surgir muitos obstáculos, tentativas de desvios, mas precisamos ser
fortes e fixar o nosso olhar naquilo que desejamos conquistar.

O QUE APRENDEMOS:
Ao invés de reclamar que não consegue alcançar seus objetivos, seus
sonhos, procure fixar seus olhos naquilo que deseja, através da
determinação, do empenho e força de vontade.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Faxina




Já faz um tempo que estou sem trabalhar, uns três meses aproximadamente. E durante esse período estou reaprendendo a cuidar da minha casa, das minhas filhas, do meu marido e buscando estar disponível para o que Deus tem para a minha vida. Dizendo assim até parece fácil, né? Mas, o que para uns é simples para outros é um tanto doloroso e trabalhoso. É certo que a adaptação não foi e nem está sendo fácil, mas Deus tem me sustentado para que todas as áreas sejam supridas, ou seja, estou na mais profunda dependência do Pai.
E num dia desses, como toda dona de casa precisamos de um faxina geral na nossa casa. Foi uma benção esse dias, pois, quando somos nós que fazemos parece que fica muito mais limpa, porque conhecemos as verdadeiras necessidades e os cantinhos que realmente precisam da nossa atenção. E pensando no lado espiritual, Deus deseja fazer essa faxina nas nossas vidas. Sei que há lugares na minha vida que Deus precisa de mais atenção porque é ali aonde ninguém vê que está aquela sujeirinha, aquele pecadinho, que pensamos não fazer mal pra ninguém. Precisamos permitir a entrada do nosso pai para que a faxina seja completa. E para que isso aconteça precisamos buscar mais de Deus, em jejum e oração, porque é quando nos aproximamos d’Ele é que podemos ver as nossas falhas. Para que isso aconteça precisamos nos dispor.
Durante esse dia de faxina fiquei muito cansada, mas o resultado foi o melhor de todos, você sente a casa limpa é uma sensação muito prazerosa, o mesmo acontece quando nos dispomos em jejuar para nossa purificação, sinto muita fraqueza quando jejuo por mim, mas ao final do propósito é uma sensação tão purificadora que vale a pena estar sempre disposta a isso.
Minha filhinha mais nova a “Manu”, ela é muito espiritual e Deus fala muito através de suas palavra, então tenho que estar atenta porque senão perco o que Deus está falando e fazendo em minha vida. No dia seguinte à faxina ela não foi à escola e ficou comigo quando terminamos o café da manhã ela me apareceu com a seguinte frase:
“- Mãe é tão bom a casa limpa, né? Dá até para ouvir a nossa voz!”
E é isso que acontece quando estamos e fazemos a faxina espiritual em nossas vidas podemos ouvir a voz do nosso Pai mais audível.
Abrindo mão de nós mesmo, da nossa vontade, dos nossos manjares diários, e nos dispor para que Deus cumpra os seus propósitos em nossas vidas.
Enfim, uma vida de jejum e oração é o segredo, ou melhor, a receita básica para que as promessas se cumpram em nossas vidas e acima de tudo uma vida cheia da presença de Deus.

“E aconteceu que, quando estava numa daquelas cidades, eis que um homem cheio de lepra, vendo a Jesus, prostrou-se sobre o rosto, e rogou-lhe, dizendo: Senhor, se quiseres, bem podes limpar-me.
E ele, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, sê limpo. E logo a lepra desapareceu dele.
E ordenou-lhe que a ninguém o dissesse. Mas vai, disse, mostra-te ao sacerdote, e oferece, pela tua purificação, o que Moisés determinou, para que lhes sirva de testemunho.
A sua fama, porém, se propagava ainda mais, e ajuntava-se muita gente para o ouvir e para ser por ele curada das suas enfermidades.
Ele, porém, retirava-se para os desertos, e ali orava.”
Lucas 5,12-16


Abraços,

Fabi....

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Uma chamada à interseção


Um Dia de Clamor – Uma Chamada por Intercessão



Galera de seguidores, divulguem precisamos nos unir em oração pela nossa nação!!!

18 de Setembro será um dia de oração e jejum pelo nosso Brasil. Um dia em que a Igreja de Jesus no nosso país, é convocada a pôr os seus joelhos em chão e levantar um clamor aos Céus. Vamos clamar por justiça, vamos reivindicar os princípios bíblicos em nossa sociedade, vamos nos arrepender dos nossos pecados e vamos interceder por misericórdia pela nossa nação. Estaremos por 8 horas consecutivas(10-18hs) obedecendo o que a Bíblia nos ensina em 1 Tim. 2:1-2, vamos levantar orações e súplicas pela nossa liderança governamental.

Nesse dia a função da intercessão será crucial e de suma importância. Estaremos reunidos e mobilizados em um só lugar; líderes da Igreja Evangélica, líderes de adoração, líderes de intercessão e o Corpo de Cristo. Temos fé que causaremos mudanças nos ares, nas regiões celestiais assim como Cristo nos outorga autoridade a fazer através das chaves do Reino entregues a nós em Mateus 16:19. Queremos desligar tudo que impede o governo de Cristo em nossa nação e ligar tudo que irá estabelecer esse mesmo governo sobre o Brasil.

Mesmo antes do dia 18 de Setembro, temos que cobrir esse evento de oração e intercessão. Precisamos soar a trombeta já e convocar as casas de oração, torres de oração, e igrejas a se unirem e levantar um clamor em jejum para que algo significativo ocorra como resultado desse dia. Cremos na Bíblia quando ela nos diz: “a oração do justo pode muito em seus efeitos” Tiago 5:16, e por isso precisamos desde já começar a proclamar homens justos sobre o governo dessa nação. É necessário que desde já venhamos a nos empenhar nessa guerra com ousadia e plena consciência que nossas armas de milícia são espirituais e poderosas em Deus.

Este é um tempo de mudanças, e nós como povo de Deus precisamos nos levantar e clamar pela intervenção dEle como eram feitas nas assembléias descritas em II Cr. 20:3-4 e Joel 1, 2:15. Temos que desde já como Igreja nos levantar para orar por vitória contra o aborto, crime organizado, alta prostituição, pedofilia, venda ilegal de órgãos de crianças, união homossexual, e desfalecimento do poder pátrio.

Temos que convocar todos os intercessores para estar cobrindo em oração os líderes que participam da organização desse evento. Vamos clamar o sangue de Cristo sobre eles nesse processo de mobilização. Vamos clamar por portas abertas e unidade no corpo de Cristo nesse propósito.

Nosso país está precisando urgentemente da misericórdia de Deus e a Igreja precisa se unir em intercessão e adoração diante do Trono. Vamos entrar como Nação em um Novo Dia.

Que venha o governo de Cristo sobre o Brasil!

“Procurei entre eles um homem que erguesse o muro e se pusesse na brecha diante de Mim e em favor desta terra, para que eu não a destruísse, mas não encontrei nenhum.”-Ez. 22:30

domingo, 29 de agosto de 2010

Dias de reforma...





Esses dias têm sido dias de provação e como sempre estamos dispostos a percorrê-los até certo ponto, ou melhor, até o ponto em que nós sentimos confortáveis. Quando passamos por esses momentos buscamos a forma mais fácil, pedimos que orem por nós e descansamos porque tem alguém pagando o preço (não que isso seja errado, mas é necessário buscar ainda mais), e continuamos na nossa posição confortável.

Quando entendermos que é preciso investir mais no nosso secreto com o Senhor, passaremos pelas provas fortalecidos porque temos nos alimentado.
E graças a Deus tenho lido um livro que tem aberto meus olhos para a minha comodidade. Compartilho com vocês alguns trechos, para entenderem do que estou falando.
Existem muitos cristãos dependentes de pessoas mas, completamente independente de Deus.
Quando somos dependentes das pessoas, ficamos totalmente entregues as vontades dessas pessoas e passamos a viver o que elas falam, a pensar como elas pensam e a pregar como elas pregam. Podemos ver aqueles que são próximos de nos como pessoas que nos inspiram a caminhar de acordo com a vontade de Deus. Podem ser pessoas que nos ensinam coisas preciosas, mas ainda que sejam instrumentos de Deus, não podem tomar o lugar que pertencem apenas a Deus.
“Você jamais saberá que Jesus é tudo de que você precisa até Jesus ser o tudo que você tem. Você está no deserto? Refugie-se na presença de Deus.”
(Max Lucado)

Extraído do livro “Mildibar, o lugar da palavra, o lugar onde Deus se revela, Gabrielle Cassiano Meneses.

O que não entendemos é que precisamos nos alimentar mais d’Ele, precisamos buscar mais d’Ele. A nossa busca tem que ser prazerosa, no começo não é fácil, vamos colocar dificuldades, vamos procurar tempo, não conseguiremos nos disciplinar inicialmente o importante é começar. Comecemos com cinco minutos e aumentemos gradativamente, que seja por obrigação, depois teremos prazer da Sua companhia.
Quando entendemos da importância do nosso secreto com Deus, passaremos pelo deserto e Ele se tonará a nossa essência, a nossa razão, o nosso fôlego de vida e nesse momento adorá-Lo será tudo o que faremos.
Ele tem que ser o dono do nosso coração, não podemos depender de pessoas para conhecê-lo, mas, podemos conhecê-lo intimamente quando passamos tempo com Ele.
Quando dependemos das pessoas o nosso relacionamento com Deus se esfria, e nos sentimos vazios e solitários. Não quer dizer que tenhamos que nos afastar das pessoas mas, aprender a dar limites a esses relacionamentos para que o hábito de estar sempre acompanhado por pessoas não se torne o nosso vício espiritual.
Então é isso que tem trazido concerto para a minha vida, que Deus fale aos seus corações como tem falado ao meu.

“O Senhor o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol e fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam”.
Isaías 58,11

Desejem ser essa fonte, busquem o Senhor no seu secreto para estarem fortes quando deserto chegar.

“Há algumas coisas que ninguém pode fazer por você. Uma delas é passar algum tempo com Deus. ouvir o Senhor é uma experiência única!” (Max Lucado)


Abraços,

Fabi.

domingo, 1 de agosto de 2010

Pés cansados


Esse texto foi escrito em um momento muito precioso na minha vida e decidi compartilhar com vocês, sintam-se privilégiados porque Jesus é a solução para as nossas vidas.

Pés Cansados









Tenho andado por caminhos
Que nem eu sei quais são,
Tenho percorrido por desertos
Que nem eu sabia que existiam,
Meus pés estão cansados,
Com feridas que doem quando prossigo sozinha.
E o que me resta senão gritar e clamar seu nome,
Para não mais sozinha ficar.
Sem esperança eu me sento,
Sentada à beira da estrada,
Fecho meus olhos na esperança da dor passar.
Neste instante meus pés são tocados,
pelo meu Senhor.
Sim, Ele ainda toca nossos pés,
Nossas vidas.
Temos que aprender a chamar o Seu nome,
E render-nos a Ele, buscar sua face é preciso.
Só Jesus pode tocar aonde ninguém toca,
Só Jesus é capaz de lavar minhas feridas
e curar o meu ser.
Se antes sentia-me só,
Se antes sozinha queria ficar,
Se antes abondonada estava.
Ele simplesmente tocou-me.
Ele me tocou,
Ele me lavou com seu sangue carmesim,
Ele amou-me, Ele me escolheu,
Ele curou-me.

Hoje desejo louvá-lo e adorá-lo
Como nunca antes.
Pois, aquele que se fez servo em minha vida
Tornou-se meu Senhor.
Hoje é aos seus pés que desejo estar,
Em profunda adoração,
Amá-lo-ei como nunca o amei.
Pois, Ele me tocou, o puro purificando o impuro.
Com Ele, posso ir a qualquer lugar.

Ele simplesmente me tocou.
Paz, Fabi...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Não retroceder em momentos de conflito!




Olá amados faz tempo que não posto né? Então Deus tem trabalhado muito no meu coração e para isso preciso de tempo com Ele para que possa ser conduzida conforme a sua vontade.
Só compartilhando um pouquinho do que Deus tem feito na minha vida durante esses dias.
Graça e paz amados, que possam ser alimentados como tenho sido.

“E Eliseu estava doente da enfermidade de que morreu, e Jeoás, rei de Israel, desceu a ele, e chorou sobre o seu rosto, e disse: Meu pai, meu pai, o carro de Israel, e seus cavaleiros!
E Eliseu lhe disse: Toma um arco e flechas. E tomou um arco e flechas.
Então disse ao rei de Israel: Põe a tua mão sobre o arco. E pós sobre ele a sua mão; e Eliseu pôs as suas mãos sobre as do rei.
E disse: Abre a janela para o oriente. E abriu-a. Então disse Eliseu: Atira. E atirou; e disse: A flecha do livramento do SENHOR é a flecha do livramento contra os sírios; porque ferirás os sírios; em Afeque, até os consumir.
Disse mais: Toma as flechas. E tomou-as. Então disse ao rei de Israel: Fere a terra. E feriu-a três vezes, e cessou.
Então o homem de Deus se indignou muito contra ele, e disse: Cinco ou seis vezes a deverias ter ferido; então feririas os sírios até os consumir; porém agora só três vezes ferirás os sírios.”
2Reis 13, 14-19.
Se quisermos saber como alcançar a vitória no reino espiritual, temos que aprender a lição de Jeoás e nunca desanimar até que a vitória seja totalmente nossa em Cristo Jesus. Deus tem nos dado poderosas flechas como armas necessárias em nossa vitória, para isso precisamos ferir a terras quantas vezes forem necessárias. Não até cansarmos mas, insessantemente pois Deus tem nos moldado como vencedores e não como desertores, seja qual for a luta, temos que nos lembrar que é isessantemente. E essas flechas são instrumentos que nos asseguram o poder e certeza para a nossa vitória em Cristo Jesus.
Uma vida de fé e obediencia a Cristo nos trará flechas de dores e flechas de vitória, é exatamente essa a vida dos verdadeiros soldados de Cristo. A pergunta é você está preparado para o combate?
Os nossos objetivos tem que sempre permanecer claros e sem nenhum compromisso com este mundo, assim a nossa fé e as insondáveis riquezas do Senhor estarão sempre à disposição para nos suprir e fortalecer. Precisamos estar sempre atentos às advertencias da palavra de Deus no que tange à nossa confiança em tempos de conflitos, dificuldades e decisões importantes.
A decisão é nossa:
“Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão.
Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.
Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.
Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.
Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma.”
Hebreus 10, 35-39.

Prossigam firmes no propósito.

Fabi...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Espelho o que vc vê?


Faz tempo que não apareço por aqui não é mesmo?
Tenho passado por muitas lutas, e isso tem me deixado afastada do blog. E durante esse período tenho pesando sobre o que vejo no espelho, ultimamente tenho visto uma pessoa abatida pelas lutas, mas em pé para as batalhas, as vezes não me reconheço, pareço ser outra pessoa, e por mais que eu tente amenizar a imagem com truques de maquiagem meus olhos refletem a dor que sinto.
Há algum tempo pedi a Deus que se não fosse para chorar na presença dEle, preferia não deixar que uma lágrima escorresse pela minha face, fácil não é mas, cada dia uma vitória porque tenho me direcionado à Ele, para curar meu coração e a minha alma.
A pergunta é o que você tem visto no espelho reflete o que você é? Tenho me perguntado todos os dias: Quem sou eu, sou a imagem refletida nesse espelho abatida, cansada por vezes desanimada?
Não meu espelho não reflete quem eu sou, ele reflete a imagem que quero ver, porque mesmo abatida eu sou o que Deus diz que eu sou. Sou sacerdote real, princesa, filha do Rei... a minha imagem não reflete a guerreira que sou no mundo espiritual, ela reflete a imagem que todos vêem, como uma pessoa normal, sem nada de diferente, com atrativos que qualquer um pode ter.
O que o espelho tem refletido não é a imagem que Deus tem de mim, e nem a que eu penso de mim. Ele somente copia o meu exterior, ele não reflete a minha força, ele não reflete minha fé, ele não reflete meu amor por Deus, ele não reflete minha dependência por Deus, ele não reflete o que deveria refletir que é Cristo em mim. Não posso simplesmente me enganar com o que vejo através desse espelho e me conformar com isso.
Sou reflexo do que Deus faz em mim, com Ele sou mais que vencedora, com Ele saltarei muralhas, com Ele destruirei gigantes, com Ele sou uma nova criatura, com Ele me tornei filha, com Ele quando estou fraco é que estou forte, com Ele nada me faltará, com Ele tudo se faz novo, com Ele sou honrada na presença dos meus inimigos, com Ele eu tudo posso, pois é Ele quem me fortalece.
Então abrem-se ó portas para que Ele o rei da glória entre, e participe conosco de mais uma vitória.
As lutas vão passar, o espelho vai continuar refletindo, mas eu sei o que eu reflito, e quando chegar mais uma batalha estarei pronta mais uma vez, porque eu posso Refletir o que Deus espera de mim.


Fabiana.
Reflitam a glória de Deus em suas vidas, por mais dificil que esteja a caminhada Deus quer usar você, abram o coração e se disponham.


quarta-feira, 3 de março de 2010

Profundamente Quebrado

Esse texto não sei quem o escreveu mas, ultimamente tem vindo muito à minha memória e gostaria muito de compartilhar com vcs.






Profundamente Quebrado


Se você quer ver um exemplo bíblico de alguém que foi profundamente quebrado no corpo e no espírito, olhe para o profeta Elias. Esse homem chegou ao ponto final de ruptura.


Elias conhecia Deus e ouviu Sua voz como poucas pessoas ouviram. Suas orações abriram e fecharam os céus. Tinha tanta autoridade espiritual que destemidamente se confrontou com 400 sacerdotes idólatras de Baal e matou todos sozinho. Ele era tão cheio do Espírito de Deus, que correu mais rápido que uma carruagem por uma distância de mais de trinta quilômetros.
Porém, depois de todos estes feitos, Elias foi informado de que a perversa rainha Jezabel estava em seu encalço para matá-lo.

O medo veio sobre este poderoso profeta, e na próxima vez que o vemos, ele está sentado exausto sob uma árvore de zimbro, esgotado e sem coragem.
O poderoso servo de Deus foi quebrado mental e fisicamente. Elias deve ter pensado, "Por que isso está acontecendo comigo? A mão de Deus esteve sobre mim todos estes anos, e O vi realizando milagre após milagre. Mas agora estou numa situação desesperadora, e sendo testado além da capacidade humana".
Este mesmo homem, que antes se colocara contra os poderes do inferno e invocara o fogo de Deus, agora chora em agonia: "Basta, toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais" (I Reis 19:4). Elias explode, gritando, "Senhor, não agüento mais".


Alguns Estão Agora Mesmo Sob o Zimbro de Elias, Muito Fatigados Para OrarTalvez você esteja nessa situação de quebradura, tenha chegado ao limite final de ruptura. Você viveu como servo fiel, tem orado diligentemente, e conhece a voz de Deus. Teve vitórias no passado, e ama sinceramente o Senhor. Mas agora está profundamente quebrado, machucado como nunca esteve antes, e não consegue nem mesmo orar.
E você pensa, "Tenho buscado a Deus fielmente, tenho me aprofundado na Palavra, orado com seriedade. Mesmo assim o Seu juízo tem caído sobre mim vindo do nada, e a minha alma está mais arqueada do que qualquer coisa que eu tenha visto". E suas lágrimas se secam. Você se mostra e sente acabado, sem coragem, rejeitado e só. Como Elias, você está arriado em baixo de um zimbro, desencorajado, em agonia, se agarrando à uma vida de alto preço.
Amado(a), esse caminhar cristão é luta espiritual. Significa batalhas, desgastes, feridas, e um inimigo cruel disposto a lhe destruir. Quando derrubado e quebrado como Elias estava, você se torna lento e sonolento. E é exatamente quando fica mais vulnerável a pensamentos condenatórios. Sua frágil consciência lhe diz: "Você não está orando como antes. Não estuda a Palavra o suficiente; está seco, morno; seu fogo acabou, e não dá bom testemunho. E agora permitiu que Satanás roubasse a paz que Deus lhe deu. Você simplesmente não é do tipo certo. Pensando bem, a tua natureza carnal não muda mesmo".
Depois disso, a Palavra de Deus irá lhe provar. Foi exatamente isso que aconteceu com José: lemos que até a hora certa chegar, a Palavra de Deus o provou. E agora estava acontecendo também com Elias. Igualmente, quando chegarmos à nossa hora de sermos quebrados - ao chegar ao ponto absoluto de ruptura - acontecerá conosco também. A consciência nos fustigará com a Palavra que escondemos em nosso coração.
Pense nisso. Por toda as escrituras lemos: "Não seja preguiçoso. Ore com fervor e seriedade de todo coração, buscando a Deus enquanto se pode achar. Se entregue à oração e à Palavra. Faça remir o tempo. Cuidado com a preguiça das virgens néscias. Deus diz que o Seu povo O esqueceu há longos tempos".
Todas estas passagens e princípios vêm correndo à mente na hora que somos quebrados. E pensamos, "Eu desapontei o Senhor. Não obedeci Sua Palavra". Sua fé hesitante é o pavio que está fumegando, e o diabo está ansioso para vê-lo apagado. Como Elias você está tão derrubado e sem coragem, que só quer dormir. As escrituras dizem que foi exatamente isso que esse piedoso homem fez: "Deitou-se e dormiu" (I Reis 19:5). Ele simplesmente não agüentava mais carregar o fardo.
Mas o Senhor não repreendeu Elias por isso. Deus sabia que o Seu servo tinha chegado a um ponto de ruptura. Vejo o nosso precioso Pai comentando sobre Elias, "Olhe para este homem fiel, quebrado e machucado. Ele chegou ao fim da linha, incapaz de explicar sua dor. Eu lhe prometi, 'Não esmagarei a cana quebrada'". Então, o que aconteceu? "O anjo do Senhor, tocou-o e lhe disse: Levanta-te e come, porque o caminho te será sobremodo longo" (19:7). Cá está uma palavra incrível para toda cana quebrada que esteja lendo essa mensagem. Não importa o quanto você esteja quebrado, o quanto está dobrado pela torrente de provação. Deus lhe fez uma promessa: "Você não será esmagado. Não permitirei que tua chama se apague. A tua fé não será sufocada". Prezado santo, essa mensagem lhe vem do céu. Você está sendo tocado com uma palavra que lhe chama: "Levante agora. Deus não está bravo contigo. E não vai deixar que você caia. Ele sabe que essa situação é muito grande para você resolver. Ele lhe concederá força sobrenatural. Ele lhe dará o que você precisa para ir em frente".
Ao longo de quarenta dias e noites, Elias foi lentamente sendo restaurado. Dia a dia, ele ainda se arrastava, com força apenas suficiente para aquele dia. Finalmente, chegou a hora em que o Senhor disse, "O que você está fazendo escondido nessa caverna, Elias? Não posso te deixar preso a esse tipo de desespero, vendo isso tomar conta de sua vida. Eu lhe restaurei com minha amorosa paciência. E agora vou te dar direcionamento".
Que Palavra Você Precisa Ouvir Para Lhe Tirar da Caverna ?
Você espera ouvir uma palavra dura e opressiva em meio à sua situação de dor? As escrituras dizem que durante o tempo que Elias esteve na caverna, "Um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento" (I Reis 19:11). Deus não estava nessa mensagem.
Você espera que sua alma seja agitada por um alto chamado para despertar? "Depois do vento, um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto" (19:11). Você espera ouvir uma palavra flamejante? "Depois do terremoto, um fogo, mas o Senhor não estava no fogo" (19:11). Deus conhece exatamente o tipo de palavra que você precisa ouvir quando está quebrado. E não é uma palavra de julgamento, não é uma palavra dura, não é um sermão em chamas. Creio que Deus está nos dizendo nessa passagem: "Quando você estiver dobrado sob as provações, não o tratarei com dureza". Não, Elias precisava ouvir uma palavra branda, afável: "Depois do fogo uma voz mansa e delicada" (9:12). Alguns manuscritos traduzem essa frase como "um sopro suave", significando, "uma brisa tranqüila, refrescante". Essa mesma voz suave, mansa e delicada nos vem do coração do Pai hoje. E Sua mensagem é a mesma: "Vistes que fim o Senhor...deu (a Jó); porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo" (Tiago 5:11). "O Senhor é misericordioso e compassivo; longânimo e assaz benigno. Não repreende perpetuamente, nem conserva para sempre a sua ira. Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniqüidades. Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem...Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece dos que o temem" (Salmo 103:8-11, 13). Essa é a sua palavra de livramento: levante-se e confie! Chegou a hora de crer que Jesus está com você na tempestade. Ele lhe dará a força para suportá-la. O SENHOR diz: "Não importa o quanto você se sente quebrado, Eu não permitirei que sejas esmagado. Não permitirei que o fogo se apague. O meu Espírito soprará sobre as cinzas, e as tuas chamas por Mim voltarão". PALAVRAS DO SENHOR DA VOZ DO CÉU VENCER O MAL COM O BEM. ...se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, orar e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. 2 Crônicas 7:14

Um pouquinho de mim...


Olá dei uma sumidinha, né?
Mas, aparecendo uma vez ou outra.
Como disse no post anterior sobre a mudança e seu desconforto, realmente não é fácil.
Tenho vivido o desconforto de estar afastada da família, dos amigos, pessoas especiais, assim não estou nem tãoperto nem tão longe, mas não consigo me adaptar muito bem à mudanças seja ela qual for. O bom disso é que estou tendo um tempo precioso em família, coisa que não tínhamos fazia algum tempo.
Aproximei-me das minhas meninas (tenho duas pequenas mocinhas), estamos juntas nas tarefas da escola, em momentos de caminhadas e claro não falta o nosso momento com Deus. Temos separamos um tempo antes de dormir para a leitura da palavra sempre revigorante e cheia de esperança para as nossas vidas. E claro tempo para a oração que é a melhor parte , falar com o nosso amado em trio é um milagres que tenho vivido e me deleitado.
Estou aproveitando a oportunidade de ensinar às meninas o temor no Senhor e a importância de separa um tempo precioso para estar com Ele.
Ás vezes sinto falta da igreja, das pessoas que amo e de tudo que deixei para trás, essa adaptação machuca um pouco, mas Deus tem me confortado todas as vezes que me sinto assim.
Nunca imaginei que um dia O pudesse amar tanto, como tenho amado.
Temos que começar a procurar um lugar para congregar e novamente nos adaptarmos.
Estamos à realizar alguns sonhos, e esses sonhos tem um preço que às vezes é ficar um pouco mais longe de quem amamos, mas creio que é só por um certo tempo.
Mas, o que eu queria mesmo falar é que com a distância e a saudade aprendemos a buscar refúgio em Deus com mais intensidade, porque se ele não nos consolar quem mais preencherá o nosso vazio?
Aprendemos também a dar mais valor em quem amamos, a aproveitar cada minuto dessa companhia, porque não dá tempo para as pequenas raposinhas que estragam as flores das vinhas, da nossa vida com nossos amados. (Cantares 2,15)
Tenho também, cumprido promessas, essas feitas para minha filha mais nova a Manu, segue a foto desse projeto (Isso mesmo a roupinha da Barbie, rss...).
Eu e a Carol estamos juntas aprendendo a tocar violão, eu e o maridão estamos mais unidos e compreendendo mais um ao outro.
Deus tem ajustado as coisas, tudo o que estava fora do lugar está sendo colocado em ordem.
Vejo em cada momento das nossas vidas um toque do amor de Deus, seu zelo.
E só tenho a agradecer por tudo o que tem feito, porque só um pai é capaz de amar tanto assim, a ponto de deixar do jeito que o nosso coração deseja e conforme a sua vontade.
Obrigada Paizinho...

Fabi.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Mudança...




Estou em mudança... Saindo de uma cidade satélite para outra. A mudança foi necessária para facilitar nossa vida em família.
No começo hesitei porque sei o que mudança gera na nossa rotina. Ou seja você perde o controle sai da sua zona de conforto e com certeza causa desanimo, desconforto e fora colocar tudo em ordem de novo.
Isso me fez lembrar das mudanças que Deus tem feito em nossas vidas, uma reviravolta danada... Mexendo no nosso estado de inércia ao qual costumamos nos encontrar de vez enquanto, pra não dizer quase sempre.
Você entende que precisa mudar mas, como todo ser humano vai empurrando com a barriga até que é gerada uma situação ao qual não dá pra permanecer neste estado vegetativo.
Mudança nem sempre é bom mas, se torna necessário quando já não se vê ou sente que nada nos surpreende mais.
Deus tem gerado muitas mudanças na minha casa, na minha vida e sei que algo novo vem por aí, afinal para que tudo se faça novo é necessário mexer no velho, abandonando tudo o que nos impede de crescer e amadurecer...
Enfim mudança, não é nada confortável, principalmente quando se está muito bem acomodado, mas enfim necessário.
Então que venha a mudança e se ajuste conforme a vontade e a direção de Deus para nossas vidas.

Fabi.