quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Enfim 2008...



Até então não saberia o que escrever sobre o ano que se passou e os planos para este que se inicia.


Bom, 2007 foi um ano de quase vitórias completas e quase realizações de sonhos. Muita coisa aconteceu e não aconteceu... a impressão que tinha até ontem é que mais um ano se passou e não fiz nada... Refletindo sobre isso não sei se posso manter essa opinião, eu tentei, lutei e quase alcancei. Pelo menos não fiquei de braços cruzados esperando o impossível acontecer, vieram as lutas, no início foi bom porque tinha fôlego pra lutar, mas elas foram ficando constantes e diárias. Desanimei, desde então não lutei, não busquei, me aquietei e me conformei com a situação.

Me acovardei. Esperanças para esse ano? Não sei ainda, me sinto amarrada, meio que amortecida diante de cada situação, sei a quem recorrer, mas não sinto vontade de lutar, muito menos de me levantar. Sonhos? Nem sei se isso é possível pra mim, pelo menos não me lembro de tê-los sonhado, acho que fiquei anestesiada a isso tudo, uma fé morta... Acho que é isso.


Espero que esse ano de 2008, eu me fruste e algo aconteça de sobrenatural...



Fabi...

Nenhum comentário: